Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

A TRIQUETRA É DO CAPETA?



Triquetra
Por Joelson Gomes


O CONTEXTO- Às vezes um simples símbolo causa muita  polêmica. Recentemente uma denominação mudou o seu símbolo porque achavam que o mesmo contradizia a Bíblia. Pois é, a Igreja Presbiteriana do Brasil em sua última reunião de lideres tirou a pomba do seu logotipo. Outro caso é o da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil onde em seu último Concilio Nacional um novo símbolo foi apresentado, mas causou tanto alvoroço entre pastores que está às portas de também ser trocado. Que símbolo é este? É a Triquetra.
 A polêmica toda surgiu porque muitos disseram que este sinal era usado pelos adeptos da Nova Era. Pois bem vamos aos fatos.

O SÍMBOLO- A Triquetra é um símbolo anterior ao Cristianismo então se é usado pelos partidários da Nova Era, também era usado pelos da "antiga era". Alguns dizem que sua origem é celta, mas não há certeza para isso. O que se sabe é que é um símbolo muito antigo e usado por muita gente e com muitos significados. O símbolo é usado pelos cristãos para representar a Trindade e também é usado em religiões pagãs como o Wicca. Ora, dirão alguns, "aí está, não podemos usar isso, é símbolo pagão". Será que o fato de um símbolo ser usado por uma religião ou um grupo qualquer fora do Cristianismo faz do mesmo coisa imprestável que não pode ser usado pelos cristãos? Bem, vamos com calma.

Símbolo Rosa-Cruz
O USO DOS SÍMBOLOS- É fato que muitos símbolos em si são dinâmicos e neutros, pode se dar aos mesmos o significado que se quiser. O contexto, o tempo, a cultura são fatores determinadores de seus significados. Diversos símbolos conhecidos são usados pelos mais diversos grupos que se apropriam e dão aos mesmos os mais diversos sentidos. Senão veja:
     
Cruz no circulo sinal de Baal, 1.300 a. C.
     a) A Cruz- Este é um símbolo muito usado pelos cristãos em geral. Para muitos a cruz é sem sombra de dúvida um sinal do cristianismo e pronto. As igrejas evangélicas ou católicas romanas estão cheias de cruzes. Mas, muitos se surpreenderiam se soubessem que nem sempre foi assim. No começo da Igreja Cristã a cruz não era usada como designativo cristão e era até desaconselhado fazer uso dela. E também este sinal não foi inventado pelos cristãos, mas a cruz nas mais diversas formas, tem seu uso vindo de tempos muito antigos em diversas culturas, crenças e religiões com o significado de boa sorte e coisas mais. Os Celtas já usavam a cruz muito tempo antes do Cristianismo como símbolo da fertilidade. Quem não conhece a famosa Cruz Celta? Desde 1.300 antes de Cristo já se tem desenho da cruz como sinal do deus sol Baal (veja imagem a direita).  No Império Romano a cruz era um instrumento de execução e não símbolo religioso dos seguidores do Cristianismo. Os Rosa-Cruzes, por exemplo, usam hoje a cruz no seu emblema e tantos seguidores do ocultismo também fazem uso dela. Será que isso faz da cruz  um símbolo pagão?
Pomba na bandeira da Umbanda

    b) A pomba- Para muitos cristãos a pomba é símbolo do Espírito Santo. Mas, a Umbanda hoje usa a pomba no centro da sua bandeira como seu símbolo. E a Nova Era usa a pomba com um ramo no bico como sinal da Era de Aquário, uma era de paz.



Dagon deus-peixe
    c) O peixe- Antes de usarem a cruz os cristãos primitivos usavam o peixe como seu símbolo de identificação. Mas os antigos inimigos de Israel, os Filisteus, tinham um deus chamado Dagon que era representado como deus-peixe desde os tempos do Antigo Testamento.

      d) Triângulo- Este é um instrumento que todo mundo tem no seu carro e usa-o em momentos de perigo na estrada quando o carro tem problemas. O triângulo serve a muitos crentes. Mas também este sinal é muito usado para invocação de divindades pagãs, e em muitos lugares é o símbolo da deusa tripla.
Poderia se multiplicar aqui tantos símbolos usados por tantas culturas e religiões, mas estes já bastam. O centro do argumento aqui é que os símbolos sempre foram e serão usados na história da humanidade com significados variados. Um mesmo signo que significa uma coisa numa cultura ou religião, significa outra coisa bem diferente em outra cultura ou religião. Os cristãos devem deixar de usar um símbolo qualquer destes porque um grupo diferente está usando com outro sentido? Claro que não. Pois, se fosse assim não usaria mais símbolo nenhum.

Triquetra na capa da Bíblia King James
A TRIQUETRA- A Triquetra tem seu uso tão difundido no meio cristão que a encontramos em capas de livros e até de Bíblia, como da famosa King James (veja imagem ao lado). O seu uso maior é sempre para representar o Pai, o Filho e o Espírito Santo (a Trindade), uma busca rápida em livro que fale sobre símbolos ou na internet servirá para comprovar isso. 

Logo, o que se tem no meio evangélico é muita superstição e saliva gasta com coisas que não merecem tanta atenção quanto outras, que infelizmente nem se fala. Em muitas igrejas se diz do púlpito e se faz no culto coisas que fariam corar os anjos. As "liturgias" de certas igrejas tem tantos elementos estranhos no que chamam de culto que usar um símbolo ou não, não fará a menor diferença. Temos hoje "culto de aniversário de pastor, de casamento, etc", grupos dança gospel com meninas e meninos efeminados se requebrando durante o que chamam de culto para o povo aplaudir, músicas antibíblicas cantadas a três por dez, profetadas, gritarias. Falta reverencia, o povo sabe de nada de doutrina porque os líderes sabem menos ainda. Não existe Escola Dominical, e quando existe é uma lastima usando revista de neopentecostal. 

 Mas, muitos preferem "coar um mosquito e engolir gigantescos camelos". Já dizia o profeta "não há nada há de novo debaixo do sol", e o Mestre não havia falado disso (Mt 23.24)?

5 comentários:

Pr. Marcelo Duarte disse...

Pr. Joelson Gomes, o irmão falou que o símbolo da TRIQUETRA foi aprovado no último concílio da Aliança das Igrejas Congregacionais do Brasil; na verdade, ele não foi votado,por isso não foi aprovado. Ele, na verdade foi apresentado como símbolo substituto do anterior, falo assim porque estava lá em Garanhuns - PE.

Rodolfo lopes disse...

Ótimo texto pastor. Tem muita gente se apegando a besteiras e esquecendo o q realmente importa. Como se símbolos intervissem ou trouxessem má sorte.

Joares Nascimento Pessoa disse...

PASTOR MARCELO DUARTE... COM TODO RESPEITO... NÃO CONSEGUI IDENTIFICAR NO TEXTO ONDE ESTÁ ESCRITO PELO PASTOR JOELSON QUE O SÍMBOLO FOI APROVADO EM CONCÍLIO... ME PARECE QUE O TEXTO DIZ QUE O NOVO SÍMBOLO FOI APRESENTADO... DE QUALQUER FORMA, SENDO APROVADO OU NÃO, NÃO CONSIGO PERCEBER ATÉ QUE PONTO ESSE FATOR DE APROVAÇÃO, INVIABILIZA O QUE FOI ARGUMENTATIVAMENTE APRESENTADO NO TEXTO... NO AMOR DE CRISTO

Eli Silva disse...

Pastor, meu coração exultou de alegria ao ler o seu post. Fiquei enjoada com o comentários feitos acerca desta nova logomarca. Teve gente até que disse que a denominação estava perdendo sua seriedade!Por favor! Outros, que os "pastores" que escolheram não sabiam o que faziam!É muita baboseira!O senhor de forma simples expor tudo o que eu gostaria de dizer, mas não tive oportunidade. Muitíssimo obrigada!!!

Eli Silva disse...

Pr. Marcelo, o pr. joelson disse que foi apresentado, não que foi aprovado.Se fosse posto em votação teria causado tanto alvoroço desnecessário!

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.