EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

PARA ACHAR UM ASSUNTO ESCREVA A PALAVRA AQUI

quarta-feira, 18 de julho de 2012

LIVRO- EU SOU MESMO UM CRISTÃO? (Ed. Fiel)


Por Hellen Taynan do blog Bula na Bula


A obra de Mike McKinley suscita uma abordagem ao mesmo tempo reflexiva e constrangedora. Reflexiva porque leva o leitor a se indagar qual o seu verdadeiro papel perante Cristo e como seu comportamento influencia o seu meio; constrangedora porque é inevitável não se encontrar em um ou mais tópicos dos nove capítulos os quais o livro está subdividido, colocando-se a situação de cristão à prova. 

Os capítulos subsistem na perspectiva dos ensinamentos de Cristo e em seus mandamentos. O autor compartilha situações de sua vida, o que estreita a relação leitor-autor. Ao final de cada capítulo, há uma correspondência que permite ao leitor encontrar-se diante das assertivas do livro; em “como corresponder”, o autor sugere uma auto-análise através de perguntas sobre o seu relacionamento com Deus. Por fim, McKinley recomenda que o leitor busque um diálogo com os demais irmãos a fim de propor uma avaliação de como os outros enxergam sua postura frente aos diversos assuntos ligados ao comportamento cristão. 

O livro permite uma leitura rápida pois é muito dinâmico e ao iniciá-lo, chega a ser difícil conseguir parar. Todos os temas têm relevância ímpar e é salutar o desejo de não abandonar a leitura. A facilidade com que o autor esboça os ensinamentos deixa a leitura leve e muito agradável. 

É possível encontrar alguns erros de digitação, tais como, omissão de letras e palavras com letras trocadas ou inapropriadas ao entendimento. Ainda assim, tal fato não compromete o sentido maior do texto e nem ao menos é suficiente para afastar o  leitor.

“Eu sou mesmo um cristão?” deve ser o livro de cabeceira de todos os que confessam seu amor a Cristo. É imprescindível uma análise fria de qual o seu posicionamento neste mundo e o que você tem feito para transformar seu relacionamento com o Senhor e com os demais irmãos. É a ratificação da afirmação de Jesus em Mateus 7.21 quando Ele diz “nem todo que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no Reino dos céus”. É a mostra da dura realidade sobre o que se faz e a ilusão de santidade de muitos que se consideram fiéis a Cristo. 

______________
*Compre aqui

Um comentário:

Hellen Taynan disse...

Nossa como essa moça escreve bem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.