Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

terça-feira, 25 de maio de 2010

PADRE PARAIBANO SE CONVERTE AO PROTESTANTISMO


Recebi a seguinte noticia de meu amigo André Brozeado, do blog André Brozeado.


Estudando a Bíblia Sagrada, o ex- padre Lourival Luis de Souza percebeu, quando ainda exercia o sacerdócio na cidade de Diamante/PB em 2003, que estava ensinando uma doutrina que contraria a Bíblia Sagrada e, naquela cidade, começou a ensinar às pessoas que a Bíblia reprova a adoração às imagens de escultura (Sabedoria 15.15-18; Êxodo 20.4,5; Isaías 45.20; Deuteronômio 4.15-19; ) e que o único Salvador é Jesus Cristo (João 4.23; Atos 4.12; I Timóteo 2.5) e não as tradições das igrejas. E prosseguiu ensinando que a Bíblia é o caminho para conduzir as pessoas a fazerem a vontade de Deus e se aproximarem de Deus (Tiago 4.8), devendo servi-lo de toda alma e de todo o coração (Marcos 12.30-33) e não apenas com obras de caridade, visto que a salvação é obtida pela graça de Deus, por meio da fé, sendo um dom de Deus e não vem das obras (caridades e coisas semelhantes) para que ninguém se glorie (Efésios 2.8,9).


Após, as reiteradas leituras da Bíblia integralmente o ex-padre Lourival passou a sentir forte desejo de ser evangélico e congregar numa igreja onde se adorasse a Deus verdadeiramente, onde os verdadeiros adoradores adoram ao Pai em espírito e em verdade (João 4.23). Baseado em João 8.32 (E conhecereis a verdade e a verdade - Jesus - vos libertará) e em João 8.36 (Se, pois, o Filho vos libertar verdadeiramente sereis livres).


Padre Lourival Luiz de Sousa pediu na manhã de sábado (1º) o afastamento dos serviços sacerdotais da Igreja Católica e anunciou sua conversão ao protestantismo. Ele comunicou sua decisão de deixar a Igreja Romana através de documento entregue a Dom José Gonzáles, bispo diocesano de Cajazeiras/PB.

Atualmente, Lourival estava servindo em paróquias de Sousa e Cajazeiras.


Segundo as informações, em cada missa que o sacerdote celebrava pregava muito que os católicos deixassem de idolatria e que se apegassem mais a Jesus Cristo.


Em entrevista exclusiva ao Portal Diário do Sertão, Lourival afirmou que sua mudança de religião se dá por não aceitar algumas coisas que acontecem dentro da crença católica, mas o ponto principal seria a questão da idolatria.


Eu deixei a igreja católica, tirei a batina, como se diz, e fui ao vivo entregar a carta de renúncia ao bispo diocesano", disse o ex-padre. Perguntado pela reportagem se poderia voltar atrás em sua decisão, Lourival foi rápido em sua resposta.


Não tem condição de eu voltar porque eu conheço a palavra. Deixe eu dizer uma coisa a você: 90% das pessoas que estão na igreja estão porque gostam deste negócio de imagem, gostam de procissão, a gente prega sobre a idolatria e aí as pessoas não aceitam o que está na palavra, então este foi um dos grandes motivos da minha saída”, disse.


O ex-padre sabe que a sua saída da Igreja Católica causará uma grande polêmica no meio católico, mas ele disse que está disposto a sofrer todas as conseqüências, "em nome da palavra de Deus".

2 comentários:

Elaine Cândida disse...

Tenho certeza que o mesmo Deus que o tirou de lá é poderoso para sustentá-lo em tudo, até que receba o seu galardão nos Céus, das mãos do próprio Deus.

Bem-vindo à família de Deus, irmão Lourival Luis de Souza!

Anônimo disse...

Este homem nunca foi padre, mas um herege.Digamos que uma cópia falsificada de Lutero.Acredito que a Igreja Católica não perdeu um Padre, mas teve a felicidade de ver um "demônio" ser desmascarado.Nada contra os crentes da Assembléia de Deus que certamente perderão o Padre para a Igreja Universal quando ele descobrir que os irmãos que ele está abraçará no futuro ensinam ignorâncias do tipo "chutar santa" e outras artes de satanás.

Padre procure um sanatório,você não é digno de ser um cristão.Boa sorte!

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.