Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

POR REFORMA HOJE

Lutero com coragem defendendo os ideiais reformados diante da Igreja Romana da época.



No dia 31 de outubro de 1517, portanto a 492 anos atrás, Lutero apresentava as famosas 95 teses ao mundo. Deflagrava com este ato a maior reviravolta que a história do cristianismo jamais viu igual.

Inconformado com o que o Catolicismo romano tinha feito do cristianismo, e movido por um extremo apego às Sagradas Escrituras, Lutero não pôde ficar calado, e falou em alto e bom som que a Igreja precisava rever seus pressupostos e achar o caminho que havia se perdido.

Hoje, nestes 492 anos passados, estamos sentindo falta de um homem como Lutero, pois parece que a Igreja está perdida de novo. O estado em que vive a cristandade não é alentador, é periclitante. Vivemos a era ideal para que surja um “homem” mas, está faltando um “homem” para a era. A Reforma nunca foi tão necessária de novo. Hoje a Igreja bate cabeça em áreas como:


1- Teologia - A Teologia reformada hoje é peça de museu para a maioria. A falta de doutrina em nossas igrejas é gritante, fora os ensinamentos não bíblicos. O evangelho hoje não é o de Paulo, Lutero, Calvino, J. Edwards, R. Kalley, etc. Campeia a heresia na seara do Senhor.

2- Pregação - Se a teologia vai mal, a pregação que é reflexo da mesma, idem. Onde está o evangelho bíblico? Onde está a exposição bíblica respeitado texto, contexto e hermenêutica? Veja 1Tm 4:13. Inventaram até uma coisa que é “evangelho sem doutrina”.

3- Respeito a Palavra de Deus - Veja a atitude de Josias (2Cr. 34: 19-21), Josafá (2Cr. 17: 7-9), e do povo de Israel (Ne. 8). Hoje a Palavra de Deus é uma coisa qualquer, se quer mesmo é cantar. Até tem aquele mote “O tempo de cantar chegou”. Quantos Louvorzões? Já ouviu falar de Pregaçãozão? Eu não. E ainda dizem que amam ao Deus da Palavra. Como podem se a Pregação a Bíblia é esquecida e a igreja nem sabe abrir a mesma para achar os versículos? É uma lástima.

4- Adoração- Na Reforma de Josias o culto foi restaurado por completo (2Cr. 35: 1-19). Como andam nossos cultos? As coisas são feitas para a adoração a Deus ou vale tudo conquanto que atraia o maior número de pessoas possível? Nossa adoração reflete nossa perspectiva de Deus? O centro do culto é Jesus Cristo? Quando vou ao culto vou DAR meu culto a Deus ou vou RECEBER, BUSCAR minha bênção? Isso mostra a quantas andam as reuniões de hoje.

5- Música - Alguém já disse que uma igreja é modelada pelos hinos que ela canta. Se for assim, devemos antes de cantar qualquer coisa que o mercado “gospels” nos empurre, pensar duas vezes. Esta músicas que só dizem “receba”, e só usam o pronome “EU’, ou a frase “você vai vencer” e a palavra “vitória”, são canções de adoração? Ou são uma cantilena egoísta que só visa dar ares de conquistador a quem canta colocando-o no lugar de Deus e no centro da música? Adoração é dada a quem? A Deus ou quem canta? Quem é o centro das músicas cantadas hoje? Veja o que significa a palavra adoração em um dicionário e compare com que se canta nas igrejas.


É queridos, não é fácil, mas oremos a Deus para termos a coragem de um Josafá (2Cr. 17:6), de um Ezequias (2Cr. 30:14), de um Josias (2Cr. 34: 3-5), de um Lutero. Que tenhamos coragem para afastar tudo o que não agrada a Deus de nossas vida e culto, e assim poderemos dizer que fazemos parte de uma igreja Reformada e Protestante, ou melhor, que fazemos parte da Igreja de Deus. Caso contrário corremos o risco de fazer barulhos e mau cheiro e dizer que é culto ao Senhor.


Joelson Gomes

4 comentários:

Peregrino do Evangelho disse...

Amado irmão, seu post é muito bom e nos alerta para a necessidade de voltarmos as nossas origens, ou seja, voltar a pureza do Evangelho de Cristo.

Eu também durante essa semana estou postando em meu blog acerca da Reforma Protestante e da necessidade de se reconstruir a nossa identidade como protestante, que têm sido esquecida por um falso evangelho de uma falsa prosperidade.

Continue na luta amado, pois como disse Jesus Cristo "a seara é grande mas os trabalhadores são poucos"

Ronaldo Silva disse...

Joelsom, Você conhece aquela música de Roberto Carlos, que diz: "Meu amigo volte logo...etc ...Vem dizer tudo de novo?", Pois bem, não precisamos que Jesus venha dizer tudo de novo, tampouco que alguem invente de fazer reformas "nas igrejas" mesmo por que agora não é uma só como antigamente, mas são muitas. Precisamos continuar alertando às pessoas para a volta triunfante de Cristo a qualquer momento. Talvez você já esteja sabendo das "des"reformas que vêm sendo empreendidas na igreja luterana. agora mesmo na suécia o ministro que se recusar a fazer casamentos de gays e lésbicas podem ser substituídos, é fácil uma ouvir uma coisa dessas?! Não sei o que os reformadores fariam se soubessem o que aconteceu com a reforma que eles fizeram às custas de tanto sofrimento, mas, se fosse eu, me sentiria no mínimo arrependido. Este Blog é um dos meus favoritos, sua abordagem foi muito boa, bastante oportuna para um comentário como este.Infelizmente a realidade é esta. Vai firme.
Visite meu blog:
ronalduron@blogspot.com
"Força Para Viver"

Katia Regina disse...

Obrigada pelo comentário, por favor, como eu faço para colocar corretamente, seu bunner no meu blog?
Fico aguardando...que o Sr. continue te abençoando e te iluminando para escrever a Palavra de modo tão verdadeiro...paz.

Elaine Cândida disse...

De fato, estamos precisando mesmo de uma nova revolução protestante. Mas agora, um gigantesco protesto contra os protestantes que perderam o rumo da sua causa.

SENHOR, levante Seus atalaias da última hora!

Shalom.

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.