EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

PARA ACHAR UM ASSUNTO ESCREVA A PALAVRA AQUI

sábado, 14 de abril de 2012

ASSEMBLEIA DE DEUS ORDENA UM MONTE DE PASTORAS

É, os tempos não são mais os mesmos. Quem diria que uma Assembleia de Deus filiada a CGADB um dia teria pastoras por aqui? Antigamente nem assistir TV seus membros podiam. Mulheres usar calças compridas? Nem pensar. Brincos, batom? Eram coisa do Demo. Hoje tudo isso acontece em seus arraiais e a própria Assembleia tem canal de TV. Mas, agora parece quem abriu a porteira de vez, passou um boi agora passa uma boiada. Pois não é que os assembleianos da Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal (CEADDIF), consagraram um monte de pastoras? Veja a noticia: 


"A Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), realizada entre 15 e 19 de janeiro de 2001 em Brasília, decidiu não aceitar pastoras. Mais de dez anos depois, em outubro de 2011, a Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal (CEADDIF), durante Assembleia Geral Ordinária aprovou a ordenação de pastoras. A proposta foi aprovada, depois de muito debate, por 70% da assembleia composta com 1,5 mil correligionários.

Para lideranças denominacionais, esta foi a última etapa para que haja o reconhecido nacional. Afinal, outras convenções como a de Madureira já ordenam mulheres, sendo a mais famosa a cantora Cassiane. A decisão do assembleianos do Distrito Federal aumentou a pressão na entidade para homologação das pastoras dentro da AD.

O pastor Sóstenes Apolos da Silva, presidente da Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal, afirmou reconhecer o ministério pastoral das mulheres. Em entrevista ao site CREIO, o pastor comemorou o avanço e lamentou que algumas entidades ainda cultivem o que chama de ‘heranças machistas’.

“Que desculpa daria para não ordenar mulheres? Temos que fugir desta herança machista que temos que é resquício do catolicismo romano. A Assembleia de Deus em outros lugares como Estados Unidos, Europa, tem pastoras e até bispas em seus quadros. Vamos dar respaldo a estas mulheres que trabalham que fazem de fato e não por direito”, afirma.

Ele presidiu recentemente uma solenidade onde foram ordenadas pastoras e evangelistas assembleianas. A CEADDIF é filiada a CGADB, que não tem em seus quadros mulheres como membros e até o momento não se manifestou sobre o assunto. A dúvida agora é se a CGADB homologará a ordenação dessas pastoras
".



Agora assista abaixo a cerimônia














6 comentários:

Nike disse...

Joelson tenho 100% de certeza que estas mulheres que foram ordenadas a 'pastora' entre", que na bíblia não exite pastora mulher, ou seja: São esposas de pastores da igreja, ou amigas do pastor líder, ou puxa saco do pastor líder.
O evangelho que estão pregando nesta era de hoje, é outro, não o da bíblia original.
Que ponto a igreja do Deus Vivo está chegando?
E o pior que muitos desses dizem maranata, é melhor dizer misericórdia de nós Jesus!
Se Jesus Cristo vier, eles estão fritos, ferrados para a grande tribulação.
É melhor eles ficarem calados e converterem e arrependerem de seus erros.
Maranata é para poucos cristão dizer!
A maioria dos cristão é clamar socorro para não ficar para grande tribulação.
Sem duvida nenhuma, este 'evangelho' entre " que estão pregando em certas igrejas, é o evangelho da Nova Era, evangelho da preparação do trono do anticristo, evangelho da mentira!

Caline disse...

Não entendi uma coisa: "A CEADDIF é filiada a CGADB, que não tem em seus quadros mulheres como membros e até o momento não se manifestou sobre o assunto". COMO ASSIM? Nas AD as mulheres não opdem fazer parte da membresia?!

Rubens Rodrigues F disse...

"Quem é de Deus dá ouvidos à palavra de Deus!"

Não creio que cristãos genuínos serão deixados para trás como propõem certas visões escatológicas, mas alguém poderá alegar no Tribunal de Cristo que desconhecia a palavra de Deus? "Ouviam de mau grado"

JOELSON GOMES disse...

Caline, o que o autor do texto quer dizer eu acho, é que a AD não tem mulheres no seu quadro de pastores. Mas redigiu de forma confusa.

JOELSON GOMES disse...

Rubens, como vc eu tb não partilho desse tipo de visão escatológica do "deixados para trás", é antiblico. Deus abençoe e volte sempre.

Anônimo disse...

Glória a Deus!
A Bíblia aprova o pastoreio masculino da mesma forma que apoia a escravidão. Contudo,há um princípio maior na Bíblia que descontroi o machismo e a escravidão: "Em Cristo não há judeu ou grego, nem homem ou mulher nem escravo ou livre".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.