Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

EM GUARDA, VOCÊ PRECISA LER ESSE LIVRO


Um dos livros que foram lançados nesse fim de ano e  que eu queria ler era EM GUARDA do Dr. William Lane Craig (Vida Nova, 2011). O Dr. Criag é mundialmente famoso por botar no bolso ateus e agnósticos em debates acadêmicos, até o paladino do neo-ateismo Richard Dawkins, autor de Deus um Delírio foi exposto ao ridículo quando debateu com ele (Veja aqui). Pois bem, o livro realmente cumpre o que promete. É um manual de apologética fantástico onde Craig explica seus cinco argumento básicos usados em seus debates ao redor do mundo acerca da plausibilidade de Deus e da irracionalidade do ateísmo. Além de ter capítulos sobre o problema do mal e sobre a discussão se o cristianismo é a única opção para Deus ou não.

Além de ser muito fácil a leitura a diagramação da editora Vida Nova é inovadora, o livro é acho que o primeiro que a editora faz nesses moldes, com margens largas, notas nas margens, além de ser ilustrado. O costume do Dr. Craig com debates faz com que seu pensamento seja alinhado, e quem está lendo acompanha com facilidade e as dúvidas que tem, o autor parece prever, e quando menos esperamos, ele responde “aquela” pergunta também.

Ao fim de cada capitulo o argumento vem em forma de gráfico com os prós e os contras, para facilitar a memorização do estudante. Tudo foi pensado para que o leitor memorize os argumentos e use-os em suas conversas quando precisar.

No livro o autor (que estará no Brasil em 2012, no Congresso de Teologia Vida Nova) discute entre outras coisas o que é apologética; se faz diferença se Deus existe ou não (um dos melhores capítulos); o porquê das coisas existirem; o começo do universo; a sintonia fina do universo (não sabe o que é isso? Leia o livro); o argumento moral; além de ter um capitulo especifico sobre a ressurreição de Jesus.

O capitulo 7 "E o que dizer do sofrimento?" é o mais fraco, onde o autor se mostra eu pensava arminiano , mas na verdade ele é molinista. Aqui ele defende de passagem o livre-arbítrio tentando explicar o problema do sofrimento e do mal. Também parece dizer que duas crianças, das quais ele conta o sofrimento como parte de seu argumento e que morreram em decorrência disso, só pelo fato de terem morrido sofrendo muito foram direto para o céu (p. 188). Isso fica mais visível nas páginas 303-304, onde ele cita 2Pd. 3.9 e 1Tm. 2.4 tentando com isso provar que Deus quer salvar o mundo todo e que Cristo morreu pela humanidade. E continua dizendo que nossa salvação é apenas responsabilidade nossa. Estes argumentos são refutados facilmente por que conhece um pouco das Doutrinas da Graça. Mas, demos um desconto, pois teologia não é sua especialidade. Isso fica mais uma vez evidente na página 295, onde está escrito que a morte de Cristo “facilita” nossa reconciliação com Deus. Ora, em Teologia Reformada a morte de Cristo não apenas facilita, mas salva objetivamente.

Além disso, tem uns senões de digitação (algumas trocas de letras muito poucas), mas que forma nenhuma desabonam a obra. EM GUARDA é um livro para todo cristão que vive em ambiente acadêmico, que tem conversas com pseudo-intelectuais que leram Deus um Delírio e acham que descobriram a roda. Você vai ver que muitos dos argumentos que você pensava difíceis de responder não passam de falácias, e não resistem a uma analise lógica. Até o principal argumento de Dawkins é explicado e mostrado falso.

Se você precisava de uma arma para a batalha apologética agora você tem, então ponha-se em guarda e corra para comprar EM GUARDA. Este é um livro que todos os cristãos  inteligentes deveriam ter. Recomento entusiasticamente.

4 comentários:

Rafael Dantas disse...

Muito obrigado pela indicação pastor Joelson!!! Gosto muito dos videos do Dr. Craig. Sem dúvida, a leitura desse livro vai me ajudar bastante!!

Temístocles Mendes disse...

Eu quero! De fato tenho que ler!

Ednaldo disse...

Graça e Paz, Pr. Joelson!!

Antes de qualquer outra coisa, lhe desejo um feliz 2012, que Deus lhe abençoe abundantemente neste ano que se inicia!

Só uma correçãozinha, que nem chega a ser algo tão grave, o W.L. Graig é molinista, e não arminiano, muito embora os dois sistemas partilhem alguns pontos em comum como a crença no livre-arbítrio humano citada pelo irmão.

Que a Paz de Deus que excede todo o entendimento guarde o seu, e dos seus, coração!

Ednaldo.

JOELSON GOMES disse...

Obg Ednaldo, corrigido. Volte sempre.

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.