Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

sábado, 27 de março de 2010

O EVANGELHO PIRATA


Tantas são as veredas enlameadas que os “chamados” evangélicos (sua maioria) têm trilhado que já não estão conseguindo saber o que é sujeira e o que é limpeza.


A verdade que mais dói é a de que o distanciamento que se tem tomado de Jesus tem causado um efeito triste: o de já não mais enxergar Jesus. Talvez enxergam uma imagem fosca e difusa num pântano à noite.


O principio de que quanto mais perto de Deus mais pareço com Ele, vale para o inverso disso quanto o Seu distanciamento. Quanto mais longe dEle, mais diferente do Seu caráter.


O distanciamento voluntário do “povo gospel” tem provocado uma miopia grave. Não se sabe distinguir o certo do errado. A algumas atitudes certas, chamam erro, e outras pecaminosas, acertos.


A cada dia, mais e mais escândalos surgem como que brotam do chão. Na verdade não brotam do chão. Brotam do coração. Nascem de um coração pecaminoso e ansioso para receber aplausos, honra e admiração.


A glória humana tem sido o ponto de partida para uma vida de igreja. A glória devida a Deus fica em segundo (nesse caso, último) plano. Se Ele receber a glória, tudo bem, mas antes a figura humana deve aparecer como o Sol para o sistema solar.


Tudo isso tem uma razão de ser. Alguns apresentaram um falso evangelho (humanista), que apresenta o homem como o centro das atenções cósmicas, e isso entrou bem na igreja. Entrou e tem permanecido.


Desde os “dentes de ouro” até “Deus, eu te perdôo” a tentativa é única: entronizar o verme e destronar o Rei. Assim, a bênção é mais importante que o abençoador.


A vida da igreja está tão desvirtuada que há grupos que não se importam com mentiras para objetivos supostamente nobres.


A Rádio (que seria para difusão do evangelho) – sem autorização para funcionar –que atrapalha a comunicação dos aviões com a torre de comando, pondo em risco milhares de pessoas, não tem problema. Se o evangelho anunciado ali é um evangelho pirata, a rádio também pode ser pirata sem constrangimento. Os cds e dvds (que seriam para inspirar uma vida com Jesus) não autorizados para cópias podem ser vendidos e comprados sem acanhamento numa banca sem disfarces – com bandeira típica de pirataria e vendedor com tapa olho e papagaio no ombro.


Perto desse jeito de viver a pseudofé cristã estão os outros que lutam para viver a glória do Pai Eterno, mas são rotulados com a mesma etiqueta de delinqüentes da religião.


Tentam dizer que são evangélicos, mas não daquele jeito. Querem afirmar que são iguais, mas diferentes. Não avançam muito, porque o nó é cego.


A verdade é que o evangelho pirata não é conhecido como tal porque o verdadeiro evangelho não tem sido mostrado como deveria. O conforto e o conformismo tornam o verdadeiro desconhecido. Infelizmente, só quem está do lado da verdade é que consegue distinguir.


A sensação que sentimos é a de que depois do banho ainda vestimos a roupa suja.


Absaí

abisai@uol.com.br

2 comentários:

Vitor disse...

Prezado amigo e irmão em Cristo, venho através desse, lhe avisar que indiquei o seu Blog ao "Prêmio Dardos", no quesito religião.

http://defensordafe.blogspot.com/2010/03/ganhei-o-premio-do-amigo-douglas-do.html

Anônimo disse...

Concordo plenamente com sua colocação,escancarar essas realidade do mundanismo eclesiastico com o intuito de trazer a luz do altentico evangelho,aos que estão perdidos dentro de bolhas religiosas,nao é uma tarefa facil, esses segos espiritualmente criaram uma especie de escudo,protegendo-se dentro de um mundo extranho de um abismo sem fim, acho que esses por se rebelarem contra a verdade caracteriza blasfemia contra o espirito santo,a esses a palavra de Deus nos orienta nem orar.

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.