Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

MÚSICAS DO U2 USADAS PARA ADORAÇÃO ENTRE OS METODISTAS



Neste domingo (30), às 11h e às 18h30, os fiéis da Igreja Metodista Unida de Pensacola, na Flórida, vão poder participar de um novo tipo de culto – uma “U2caristia” (“U2charist”, em inglês, mistura de "U2" com "eucaristia"), que incorpora músicas do grupo irlandês U2 na liturgia cristã.

Entre as músicas escolhidas para o repertório da “U2caristia” estão “Where the streets have no name”, With or without you”, “One” e “I still haven’t found what I’m looking for”. A música de abertura, que receberá os fiéis, será “Beautiful day”.

É definitivamente algo diferente”, diz o ministro da igreja Geoffrey Lentz ao jornal “Pensacola News Journal”. “Mas a música do U2 é tão profundamente espiritual que eu acho que o espaço de adoração diária é perfeito para ela”.

A igreja criou a “U2caristia” em 2003, e o primeiro culto com músicas do U2 foi realizado em Maryland, em 2004. A banda não cobra nenhum royalty dos metodistas – eles apenas têm que doar o dinheiro arrecadado nos cultos para uma instituição de caridade.

Fonte: G1

OBS. Tenho dito que quando as Escrituras saem tem que entrar outa coisa para atrair o povo. O problema (ou solução) é que a única coisa que produz um convertido é o evangelho, onde aparece um arremedo de evangelho, nasce um arremedo de cristão, pois o Espirito Santo não opera com outra coisa senão com o antigo evangelho, que mostra o ser humano morto no seu pecado e Jesus Cristo a única solução para os que se arrependem. A música do U2 mostra isso? E assim a "igreja" continua seu desvairado caminho, com cegos conduzindo outros cegos.

4 comentários:

Maya Felix disse...

Oi, Joelson,


Concordo, a coisa está virando uma esculhambação. Ninguém merece. E o Brasil não está longe, não.

Abraços, repostei a notícia no meu Blog.

Maya

Paulo Roberto Langwinski disse...

Geralmente dá pra transferir para a música - especialmente algumas do U2 - um sentido teológico que não sei se ela tem originalmente. Mas usar isso na igreja, não sei não. É coisa pra chamar atenção. Certamente existe algum hino apropriado pra usar no lugar de qualquer música do U2, que leva a Palavra de maneira mais clara, direta e cristalina, não é mesmo?

JOELSON GOMES disse...

Concordo c vc Paulo, mas hje em dia se faz de tudo menos pregar o evangelho.

Elaine Cândida disse...

É um falso evangelho, pregando uma falsa verdade, que produz uma falsa conversão, que leva a um inferno de verdade.

La-men-tá-vel!

Shalom.

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.