Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

quarta-feira, 11 de março de 2009

SÓ CRISTO- Série sermões (7)


SÓ CRISTO
(Cornélio e a mensagem da salvação).


At. 10: 1-8,23-27, 34-43.

Introd.:

a) Um dos pilares da Reforma Protestante do séc. XVI era Solo Christus (Só Cristo). Os Protestantes proclamavam isto frente à Teologia Romana de que o ser humano podia fazer algo para obter a salvação, nem que fosse cooperar com Deus. Isso porque para a Igreja Romana da época a salvação seria algo partilhado entre Deus e os homens. Logo após a Reforma quando houve o Concilio de Trento (1545-1563) nos seus cânones 9 e 10 os Católicos Romanos ratificaram:

"
9-Se alguém disser que o pecador é justificado somente pela fé, querendo dizer que nada coopera com a fé para a obtenção da graça da justificação, se alguém disser que as pessoas não são preparadas e predispostas pela ação de sua própria vontade- que seja maldito.
10- Se alguém disser que os homens são justificados unicamente pela imputação da justiça de Cristo ou unicamente pela remissão dos seus pecados, excluindo a graça e amor que são derramados em seus corações pelo Espírito Santo, e que permanece neles; ou se alguém disser que a graça pela qual somos justificados reflete somente a vontade de Deus- que seja maldito
".

Este é o ensino romano até hoje.

b) Para financiar a construção da basílica de São Pedro, o para Leão X colocou em voga a venda de indulgências (documento assinado pelo Papa que seria capaz de livrar a alma do Purgatório). Lutero (1483-1546), conhecendo o evangelho da graça se contrapôs a esta prática com a sua Teologia da Cruz. Para ele só a cruz de Cristo seria capaz de garantir a salvação para alguém.
c) Eu poderia agora começar a contar a história disso tudo, mas não. Prefiro fazer diferente, quero fazer você entender isso com a Bíblia. Quero mostrar a você como a Bíblia mostra que Lutero tinha razão quando proclamou que Só Cristo era necessário para a salvação. O texto de Atos 10 vai nos mostrar tudo isso de forma didática.
d) Vamos entender 1) O QUE É considerar Só Cristo, 2) COMO considerar Só Cristo, e 3) PRA QUÊ considerar Só Cristo. Assim mãos à obra.


I- CORNÉLIO; O HOMEM (1-2).

v1- Cornélio era o chefe de uma centúria romana (100 soldados), homem de prestigio e acostumado a mandar.
v2- Cornélio era homem religioso (10:22). Cria em Deus, era piedoso (homem de boa conduta), temente a Deus, fazia muitas boas obras.
v3- Cornélio teve uma visão de um anjo dele.
v4- Cornélio soube que Deus do céu estava gostando das suas boas obras.
v4- Era um homem de constante oração.

Enfim, Cornélio era um modelo que Deus aprovava e mandou o anjo dizer isso, modelo que crentes hoje não chegam aos pés. Pelo menos eu nunca vi anjo.
· Mas ele precisava de alguma coisa, isso não era o bastante.
Você conhece tudo o que se precisa conhecer para ter a salvação? Tem o bastante?


II- A NECESSIDADE (3-8, 23-30).

v3- Este anjo só apareceu a Cornélio porque tinha algo que ele precisava dizer-lhe. Faltava-lhe algo mesmo fazendo o que fazia.
vs 5-6- Pedro tinha algo a comunicar a Cornélio que ele com toda a sua boa vida diante de Deus precisava ouvir. Cornélio não poderia morrer sem ouvir o que Pedro tinha para lhe dizer. As palavras de Pedro iam fazer toda a diferença. Mas... o que Pedro tem para falar? Que segredo é esse?

· Você acha que precisa saber algo para entender a salvação ou já sabe o suficiente? Tem certeza de que está salvo? A salvação é do jeito que você crer?


III- A MENSAGEM.

a) Existia uma mensagem que Pedro deveria entregar a Cornélio e a todos em sua casa, mensagem essa que muitos hoje que estão na igreja, que são bons “crentes” religiosos como Cornélio, precisam saber, porque se não a compreenderem estarão perdidos como Cornélio, homem bom e religioso, estava. A mensagem era o Evangelho (36) e o Evangelho é isso:

1-v.36- Jesus é o Senhor, tem toda a autoridade, não é Cesar, é Jesus.
2-vs. 36-38- Jesus se encarnou e foi um ser vivo e ativo nessa terra.
3- 39- Jesus foi morto, crucificado, sacrificado em lugar do pecador, carregou em si a maldição dos pecados.
4-vs- 40-41- Jesus ressuscitou para nossa justificação (Rm. 4:25).
5- v.42- Jesus é o juiz de todos (At. 17:31; 2Tm 4:1).
6- v.43- Jesus é o único Salvador. Todo o que nEle crê, que o aceita como: Senhor (A quem todos devem obedecer a Palavra), vivo (o filho de Deus encarnado), morto ( como sacrifício pelos pecados) , ressuscitado (em sinal de que o seu sacrifício foi aceito) , juiz (aquele que tem poder de nos julgar e vai nos julgar), e Salvador (aquele que morreu em nosso lugar e nos tira a condenação do pecado) tem a vida eterna.

CONCLUSÃO:

Era isso que Cornélio precisava ouvir e aceitar pra sua vida. Sem isso toda sua vida religiosa era nada. Não há outra mensagem, não há outro evangelho, só isso é o evangelho (36). Qualquer outra igreja que pregue outra mensagem que não essa, de que Só Cristo é o salvador, não prega o Evangelho. Pode usar a Bíblia, falar em nome de Deus, não importa.
1-Hoje o evangelho está escasso. Preste atenção na maioria dos nos pregadores do rádio e da TV; vendedores de indulgências;
2- Preste atenção nas músicas dos tais “ministérios”, e cantores que só falam do ser humano, e da vitória, são só músicas egoístas;
3-Preste atenção em muitas igrejas que dizem que se você não fizer isso ou aquilo, não será salvo.
Não pregam o evangelho. E se não pregam a sua mensagem não é de Deus, e nem produz filhos de Deus. Só esta mensagem ouvida e entendida produz salvos (Mt. 10:23) e traz o Espírito Santo (v.44). O evangelho é Só Cristo, Cristo é o centro, é a pessoa a ser pregada, e mais nada. O que o mundo e você precisa saber é que para a salvação Só Cristo. Se qualquer outra coisa for ensinada ou colocada ao lado falsifica o evangelho. Foi isso que os reformadores disseram é isso que a Bíblia ensina.

1- O que é considerar Só Cristo, é entender que Jesus é:
a- Senhor (Rm 6: 16; 10:9);
b- O Filho de Deus encarnado como ser humano aqui na terra (1Jo. 4:1-3);
c- Morto, o sacrifício em nosso lugar (1 Co. 15:3);
d- Ressuscitado para nossa justificação (1Co. 15:12-23);
e- Juiz de todos, a quem vamos prestar conta de nossos pecados por isso devemos nos arrepender;
f- Único Salvador (1Tm. 2:5).

2- Como considerar Só Cristo, aceitando-o como o substituto pelos meus pecados na cruz, crendo nessas verdades de todo coração: “todo o que nele crê” (43).
3- Pra que considerar Só Cristo: para ter a vida eterna, “a remissão dos pecados” (43).


Este é o Evangelho: Solo Christus (Só Cristo). Só esta mensagem traz a vida eterna. Quem não ensina de acordo com essa palavra não ensina o evangelho. Cuidado! Nem toda igreja é evangélica, nem todo grupo dito de louvor é cristão, nem todo pastor é pastor.
Era assim que você cria?

Deus o abençoe.


Pregado na Igreja Evangélica Congregacional em Vitória-PE, por

Joelson Gomes

Um comentário:

Nilton Jorge disse...

abençoada esta postagem, sem a cruz e sem Cristo o cristianismo não tem significado e não há razão para o ser Cristão. Mais nada de defender homossexuais, e nem condená-los é claro, Jesus é a resposta Jo 8:32.

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.