Páginas

Pesquisar este blog

EI VOCÊ VENHA SEGUIR TAMBÉM!

quinta-feira, 17 de abril de 2008

C. S. LEWIS SOLTANDO O VERBO SOBRE O CAPETA


"Há dois erros idênticos e opostos nos quais nossa espécie pode cair acerca dos demônios. Um é não acreditar em sua existência. Outro é acreditar e nutrir um interesse excessivo e doentio neles. Os próprios diabos ficam igualmente satisfeitos com ambos os erros e saúdam o materialista ou o mágico com o mesmo deleite".


"É divertido como os mortais sempre nos retratam (os demônios) como seres que colocam coisas em suas mentes; na realidade, nosso maior feito é manter as coisas fora".


"O ataque tem uma chance muito maior de êxito quando todo o mundo exterior do homem está insípido, frio e vazio".


"Uma religião moderada é tão bom para nós (os demonios) como nenhuma religião-e mais divertido".


"Nenhuma quantidade de piedade em sua imaginação e em suas afeições nos prejudicará (os demônios) se conseguirmos mantê-la longe da vontade. Como um dos humanos disse, hábitos ativos são fortalecidos pela repetição, mas os passivos são enfraquecidos. Quanto mais ele sentir sem agir, a longo prazo, menos será capaz de sentir".


"Não importa quão pequenos pecados são desde que seu efeito cumulativo seja afastar vagarosamente o homem da Luz e colocá-lo no rumo do Nada. Assasinato não é melhor que o jogo de cartas se as cartas podem fazer o serviço. De fato, o caminho mais seguro para o Inferno é via gradual-um suave declive, macio sob os pés, sem viradas súbitas, sem marcas de quilometragem, sem letreiros indicadores".


" Um santo estragado, um fariseu, um inquisidor ou um mágico propiciam mais diversão no Inferno do que um simples tirano ou libertino".


(Trechos do livro: CARTAS DO DIABO AO SEU APREDIZ)

Um comentário:

Nan Lee disse...

Mto forte estas observações. Leva-nos a pensar em mtas coisas, a começar por comprar o livro. rs

NÃO PARE AQUI VÁ PARA OS TEXTOS MAIS ANTIGOS.